Desabafo: Estou me rendendo à cama compartilhada

A Isabella sempre dormiu a noite toda no quarto dela, sempre teve um sono bem tranquilo. Falava boa noite e ia sozinha para a cama dela e dormia a noite toda. No outro dia quando acordava vinha dar bom dia para a gente na cama.

Tanto é que estávamos pensando em colocar as duas para dormirem juntas, pois a Malu já está com uma rotina de sono bem organizada.

Converso com algumas amigas que praticam cama compartilhada e sempre achei um absurdo. Pois, na minha opinião, a criança tem que dormir no quarto dela e não com os pais!!

E fazem algumas semanas que a Isabella não dorme mais a noite toda no quarto dela e as vezes nem 5 minutos. Estou exausta. Muito cansada e frustada!!!

Antes a rotina de sono era a seguinte: por volta de 20:30 eu ou meu marido íamos com ela para o quarto, líamos uma história e ela dormia a noite toda sozinha, muitas vezes ela falava boa noite e ia para o quarto dormir. Agora a gente tenta fazer a mesma coisa, mas ela só quer dormir por volta de 21:30 – 22:00 e é maior enrolação, levanta mil vezes, não para de conversar, demora umas 2 horas para pegar no sono e quando levantamos ela acorda e chora que não quer dormir sozinha. Ai voltamos a deitar com ela e depois de mais de 1 hora, ela finalmente dorme e saímos do quarto, mas isso já são quase meia noite. Durante a madrugada ela acorda e vem para nossa cama. No começo a gente (fazíamos revezamento) até levantava, voltava para cama com ela, fazia dormir novamente, mas depois de 1 hora ela acordava e voltava para nossa cama novamente. Enfim, ninguém dormia.

Percebo que algo aconteceu com a Bella, ela está com medo de alguma coisa. Nessa idade a imaginação das crianças é muito grande e podem criar uma fantasia em cima de uma história mal contada, um desenho, bruxas…

Já tentamos conversar para saber se está com medo, diminuir tempo da leitura antes de dormir, proibir televisão depois do jantar para ver se ajudaria ficar mais calma, chá de camomila com erva doce, criei uma tabela que se ela conseguisse dormir à noite toda ganharia um adesivo e no final do mês se tivesse mais adesivos, ganharia uma premiação. Enfim….nada tem resolvido.

Tinha determinado que não desistiria de tentar, pois não concordo com isso, fico pensando como fica a relação marido e mulher? será que depois ela volta a dormir no quarto dela?

Então, temos permitido ela dormir na nossa cama e pagar minha língua de que criança não pode dormir com os pais. O problema é que não consigo dormir, ela chuta, dorme praticamente em cima de mim. No dia seguinte, acordo péssima.

O que sei é que não me sinto nada confortável com essa situação.

Mãe cansada é um grave problema, pois aceita qualquer solução…quer dormir no chão…durma, quer dormir no sofá…durma, só pelo amor de Deus…..durma!!!

Não pretendo continuar desse jeito, mas ainda estou pensando no que fazer. Talvez colocá-la para dormir com a irmã o quanto antes ou procurar ajuda novamente da psicóloga…

Alguém já passou por isso? Alguma dica para dar?

Cama compartilhada

Anúncios

7 comentários sobre “Desabafo: Estou me rendendo à cama compartilhada

  1. Ana Rosa Mazeto Santoro disse:

    Gi, a Ana Vitória está com 5 anos e sempre dormiu com a gente na cama. Agora que consegui colocá-la para dormir em seu quarto, com a ajuda da “fada do sono”. A fada toda noite coloca moedas embaixo do travesseiro dela. Se ela não dormir a noite toda lá, a fada não coloca e se caso ela desistir de dormir no quarto dela, a fada deixou uma carta dizendo que buscaria sua boneca preferida…. funcionou!!!! Ela também dizia que tinha medo, então ela dorme na minha cama e meu esposo leva ela pra cama dela, onde ela passa o resto da noite.
    Cada uma de suas meninas tem seu quarto? Coloca elas pra dormirem no mesmo quarto.
    Quando eu era criança eu tinha muito medo e isso é horrível, por isso fui tão tolerante com minha filha deixando-a dormir ate os 5 anos conosco. Caso nada resolva, coloque um colchãozinho pra ela no seu quarto. Mas a melhor opção é colocar ela junto com a Malu.
    Bjos

    Curtir

  2. Anônimo disse:

    Gi, a Ana Vitória está com 5 anos e sempre dormiu com a gente na cama. Agora que consegui colocá-la para dormir em seu quarto, com a ajuda da “fada do sono”. A fada toda noite coloca moedas embaixo do travesseiro dela. Se ela não dormir a noite toda lá, a fada não coloca e se caso ela desistir de dormir no quarto dela, a fada deixou uma carta dizendo que buscaria sua boneca preferida…. funcionou!!!! Ela também dizia que tinha medo, então ela dorme na minha cama e meu esposo leva ela pra cama dela, onde ela passa o resto da noite.
    Cada uma de suas meninas tem seu quarto? Coloca elas pra dormirem no mesmo quarto.
    Quando eu era criança eu tinha muito medo e isso é horrível, por isso fui tão tolerante com minha filha deixando-a dormir ate os 5 anos conosco. Caso nada resolva, coloque um colchãozinho pra ela no seu quarto. Mas a melhor opção é colocar ela junto com a Malu.
    Bjos

    Curtido por 1 pessoa

  3. Alexandre Luis Pedrosa disse:

    Gisele,
    Fique tranquila (ou não). Passo por isso quase ou todos os dias.
    A Lara sempre foi muito boa criança. Dormia na cama dela/berço.
    Quando a Sabrina ficou grávida, ela pulou para a nossa cama, talvez por ciúmes (a Alice pode dormir na barriga e com a mamãe, porque eu não posso?)

    Acho que é difícil entender as crianças, mas o pouco que já estive lendo já vi que é uma fase e que a insistência realmente pode não surtir efeito algum.

    A Lara já veio com histórias de que há bruxas no quarto. Não desconfio de imaginação de criança, nem também de qualquer outra coisa, porém fomos tirando o medo dela. dando fantasia de ‘bruxa boa’, etc. Depois dávamos sempre um presente ‘da fada’ toda vez que ela dormia no quarto (uma figurinha, uma moeda, qualquer coisa).

    Todos os dias eu ou a Sabrina fazemos ela dormir (atualmente mais eu do que a Sabrina que cuida da Alice). Alice tem o sono terrível. Acorda muito ainda. A Lara, dorme no quarto dela… no meio da madrugada pula para o nosso. Quando vamos ver está no meio. Muitas vezes sem percebermos, até eu levar o primeiro chute (e ela não escolhe o lugar, acredito que saiba disso). Essa ai tem fogo nas pernas.Outras vezes, ela para do meu lado e chama “Papai, papai… posso dormir aí? Só um pouquinho?”

    No dia seguinte perguntamos o que aconteceu. Ela desconversa e algumas vezes nem lembra como foi parar lá.

    Na maioria das vezes acho que me coloco no lugar da criança. E acho realmente que nosso mundo é muito chato e impeditivo de tudo. Tudo é questão, hoje em dia, para criar um problema futuro na criança. Até entendo que o maior problema, neste caso específico, seja para o casal. Mas me conforta o fato de saber que isso seja só uma fase. Longa ou não, é fase. Diagnóstico simples, mas sofrível, como você mesmo relatou.

    Uma coisa é certa. Eles devem pensar assim “E eles que são adultos dormem juntos, porque eu, criança, tenho que dormir separado?”

    E assim vai.
    Um dia, essas crianças lembrarão disso com sabor de vitória e rirão.
    Nós também. E teremos esquecido de tudo isso.

    Curtido por 1 pessoa

  4. Anônimo disse:

    Amiga, aqui em casa a cama sempre foi compartilhada e eu adoro!!!!!! Como é ruim dormir todo mundo junto ninguém dorme bem, comprei uma cama enorme, quase não sobrou espaço para o corredor, e temos um combinado, fazemos um rodízio: pai, Babi, pai, Pedro, pai….na noite das crianças o pai dorme na cama deles. Todos aceitam e temos noites tranqüilas. Logo, logo eles estarão grandes e não vão querer mais dormir na minha cama, acho que eu vou acordar a noite e ir pra cama deles!!!! Sentirei muita saudades deles na minha cama, amo dormir com todos eles..Boa sorte. Bj.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s